EIU prevê que economia de Macau registe contracção de 4,0% em 2015

11 December 2014

A economia de Macau deverá registar uma contracção de 4,0% em 2015 e voltar a valores positivos em 2016 com uma taxa de 8,0%, depois de encerrar 2014 com um crescimento de apenas 0,7%, de acordo com as previsões da Economist Intelligence Unit (EIU).

Os analistas da publicação justificam o baixo crescimento económico este ano e a queda do Produto Interno Bruto em 2015 com a campanha anticorrupção lançada pelo governo da China, que já fez com que a receita bruta do jogo em casino esteja em queda há seis meses consecutivos.

A EIU antecipa que a campanha anticorrupção será mantida em 2015/2016 mas adianta que a receita dos casinos tenderá a estabilizar a meio do ano de 2015, antes de voltar a crescer, provavelmente no último trimestre do ano.

Devido à menor dimensão das receitas, deverão ocorrer atrasos ligeiros na construção dos três grandes projectos hoteleiros e de jogo no Cotai, zona de aterros entre as ilhas de Coloane e da Taipa, mantendo-se, no entanto, a abertura prevista para 2016.

Assim sendo, os analistas da EIU prevêem que a formação bruta de capital fixo ou investimento registe uma queda de 9,8% em 2015, depois de um crescimento à taxa de 22,0% este ano, antes de voltar a crescer para 7,0% em 2016.

A taxa de inflação acompanhará este movimento de queda da economia, devendo baixar de uma previsão de 6,1% este ano para 4,3% em 2015, voltando a subir em 2016 com um valor de 5,0%. (Macauhub/MO)

MACAUHUB FRENCH