Rubis de Moçambique rendem 43 milhões de dólares em leilão realizado em Singapura

15 December 2014

O mais recente leilão de rubis em bruto de Moçambique efectuado pela empresa britânica Gemfields em Singapura proporcionou uma receita de 43,3 milhões de dólares, anunciou a empresa.

No comunicado, a empresa adiantou que o leilão de rubis extraídos pela Montepuez Rubi Mining Limitada (controlada em 75% pela Gemfields) na mina de Montepuez, norte de Moçambique, permitiu a venda de 62 936 quilates de rubis tendo o preço médio por quilate sido de 689 dólares.

“Os dois leilões de rubis de Montepuez, organizados em Junho e Dezembro de 2014, geraram uma receita de 76,8 milhões de dólares”, refere ainda a empresa.

A Montepuez Ruby Mining Limitada, que explora os rubis na província moçambicana de Cabo Delgado, é controlada pela Gemfields, que tem como parceiro a empresa moçambicana Mwirit.

No final de Novembro passado, a Gemfields anunciou ter descoberto um rubi “excepcional” com 40 quilates (8 gramas) em estado bruto na mina de Montepuez.

“Esta pedra preciosa vai definir um novo marco para a qualidade dos rubis africanos e torna a mina de Montepuez como a reserva em desenvolvimento mais significativa do mundo”, refere o comunicado.

De acordo com a Gemfields, a área de 340 quilómetros quadrados de exploração de Montepuez é a maior concessão mundial de rubis em posse de privados e “já provou ser uma das mais produtivas.” (Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH