Produtos de Portugal com mais fácil acesso a Xangai, na China

26 December 2014

Portugal assinou, em Xangai dois acordos de cooperação com entidades locais de logística e transportes para “melhorar o acesso” de produtos portugueses aquele município da China, escreve a agência Lusa.

“O objectivo é facilitar a vida dos nossos exportadores para a China, nomeadamente no sector agro-alimentar”, disse o administrador da AICEP (Agência para a Promoção do Investimento e Comércio Externo de Portugal), Pedro Ortigão Correia, que subscreveu os referidos acordos.

Sede de um município com cerca de 25 milhões de habitantes, Xangai é considerada a “capital económica da China” e uma das cidades mais cosmopolitas do país.

Os cossignatários dos dois acordos assinados pela AICEP foram o Centro de Logística de Transportes Marítimos do Porto de Xangai e a Associação de Transportes Marítimos Internacionais de Xangai.

A partir de 2015, numa parceria que envolve a Sonae e a Portugal Foods, haverá na Zona de Comércio Livre de Xangai uma “Loja de Portugal”, onde estarão expostos em permanência produtos portugueses, anunciou Ortigão Correia.

Vinhos, azeites, conservas, bolachas, sumos, chocolates, cafés e águas são alguns dos produtos agroalimentares portugueses já à venda na China, e já há mais de trinta empresas portuguesas certificadas para exportar laticínios para o país.(macauhub/PT/CN)

MACAUHUB FRENCH