Porto da Praia, Cabo Verde, com mais receitas e menos passageiros em 2014

6 January 2015

Os resultados operacionais do porto da Praia, capital de Cabo Verde, em 2014 vão contemplar o aumento das receitas no movimento de contentores e a diminuição de passageiros e escalas de navios de cabotagem e de longo curso, afirmou o director da infra-estrutura.

Alcídio Lopes disse que os números relativos ao movimento de passageiros e mercadorias não vão distanciar-se muito dos atingidos em 2013, sendo, no entanto, certo que o porto registou uma redução a rondar 10% nas escalas de longo curso e de cabotagem.

“O decréscimo na cabotagem deveu-se ao desaparecimento de alguns navios, como são os casos de Pentalina-B, John Miller e Sal-Rei, com um impacto ligeiro no movimento de carga, que passou de 210 mil toneladas, em 2013, para 207 mil em 2014”, disse o director do porto da Praia, citado pelo jornal A Semana.

Alcídio Lopes disse ainda que na movimentação de contentores ocorreu um crescimento de cerca de 5% e acrescentou que os resultados operacionais relativos a 2014 deverão registar um ligeiro aumento, devido ao crescimento da receita e à redução dos custos associados com o funcionamento do porto.

Globalmente, o porto da Praia deverá ter processado, em 2014, cerca de 630 mil toneladas de mercadorias e 97 mil passageiros provenientes das viagens inter-ilhas e rotas internacionais, que foram os valores atingidos em 2013.

2015 é o ano que se prevê venha a ser o da privatização das operações portuárias em Cabo Verde. (Macauhub/CV)

MACAUHUB FRENCH