Sector não petrolífero de Timor-Leste cresce 7% ao ano – Banco Mundial

15 January 2015

A economia não-petrolífera de Timor-Leste  vai crescer nos próximos anos, em média, 7% ao ano, de acordo com as previsões apresentadas pelo Banco Mundial, que estimam que o PIB total cresça quatro vezes mais.

No relatório sobre as Perspectivas Económicas Mundiais (“Global Economic Prospects”, no original em inglês), divulgado terça-feira, os analistas do Banco Mundial dizem que “a actividade económica tem sido alicerçada na despesa pública e que a versão preliminar do Orçamento para 2015 prevê um crescimento do sector não petrolífero em torno de 7%”.

No documento, o Banco Mundial assume esta previsão, antecipando uma expansão do PIB não petrolífero de 7,1% este ano e 7% ao ano até 2017, mas salienta que os valores referem-se apenas à economia que não está ligada ao petróleo.

“O PIB total de Timor-Leste, incluindo o sector petrolífero, é mais ou menos o quádruplo da economia não petrolífera, e é altamente volátil, sensível às mudanças nos preços mundiais do petróleo e aos níveis de produção locais”, lê-se no documento.

No que diz respeito a Timor-Leste, apenas é feita mais uma referência, para sinalizar que “novas descobertas de matérias-primas como no Gana, Indonésia, Laos, Mauritânia, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste, e grandes investimentos no sector dos recursos ajudaram à evolução para a posição de país de médio rendimento.” (Macauhub/ST)

MACAUHUB FRENCH