Australiana Lucapa Diamond obtém financiamento para explorar diamantes em Angola

26 January 2015

A empresa australiana Lucapa Diamond Company obteve um financiamento de 15 milhões de dólares para a modernização da exploração na região do Lulo, província angolana da Lunda Norte, informou recentemente a empresa em comunicado.

A empresa informou ainda que em causa está um plano de modernização que prevê melhorar em 150 toneladas por hora o tratamento (em bruto) feito na exploração e melhorar a recepção de cascalho molhado, durante os meses de chuva.

O investimento envolve ainda a aquisição de tecnologia para “aumentar a capacidade e optimizar a recuperação de diamantes” entre o cascalho processado na fase 1 do aluvião do Lulo.

Esta operação de financiamento internacional, a 12 meses, deverá estar concluída dentro de 40 dias, informou a empresa australiana.

Na mesma informação, o director executivo da Lucapa Diamond Company, Stephen Wetherall, descreve a nova fase do investimento como “emocionante” e “importante” para o desenvolvimento da exploração do Lulo.

Em Junho último, a Lucapa Diamond Company anunciou a existência de um importante campo de diamantes na nova exploração, igualmente na região do Lulo.

Com uma superfície de aproximadamente 220 hectares, a área potencial de prospecção da denominada Se251, segundo a empresa, será o “maior” campo de quimberlito identificado na concessão de Lulo, na província angolana da Lunda Norte.

A concessão de 3000 quilómetros quadrados, cujos direitos de exploração foram prorrogados em Março de 2013 pelo governo de Angola por mais dois anos, até Junho de 2025, pode acolher um grande quimberlito e está localizada a cerca de 150 quilómetros a oeste da mina de diamantes de Catoca, a maior produtora angolana e a quarta maior do género no mundo. (Macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH