Moçambique usa fundos europeus para reconstrução de estradas

30 January 2015

O governo de Moçambique recorreu ao Fundo Europeu de Desenvolvimento, num montante que pode atingir 10 milhões de euros, para reparar várias estradas danificadas pelas chuvas e inundações das últimas semanas, foi quarta-feira anunciado em Maputo.

Pelo menos 86 pessoas morreram, 50 mil estão deslocadas e perto de 140 mil habitantes foram afectados pelas chuvas e inundações registadas nas duas últimas semanas na província da Zambézia, principalmente nos distritos de Mocuba, Namacurra, Nicoadala e Maganja da Costa.

O chefe da cooperação da UE em Moçambique, Enrico Strampelli, afirmou ter sido decidido mobilizar o Fundo Europeu de Desenvolvimento para reparações urgentes na Estrada Nacional 1 entre Mocuba e Nampevo, ponte de Licungo, ponte sobre o rio Muluavi, pontão de Nampevo e ponte sobre o rio Namilate.

Os fundos para esta intervenção estão a ser disponibilizados no âmbito do projecto de desenvolvimento integrado do corredor de Milange/Mocuba, que teve início em 2010 e entrou na segunda fase no ano passado, no montante de 81 milhões de euros, em zonas próximas das áreas afectadas pelas enxurradas. (Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH