Embaixador da China anuncia investimento de empresas chinesas em Angola

2 February 2015

Várias empresas da China vão investir este ano no Uíge em sectores socioeconómicos e de infra-estruturas, anunciou o embaixador daquele país numa audiência que lhe foi concedida pelo vice-governador provincial para o sector económico e produtivo.

Gao Kexiang, que visitou a província do Uíge durante dois dias, mencionou como prioritários os sectores da agricultura, indústria, construção civil, obras públicas, energia, água e turismo.

Citado pelo Jornal de Angola, o embaixador referiu “as potencialidades na província nos domínios da agricultura, pecuária, turismo, energia e águas”, que podem ajudar a melhorar o desenvolvimento da província e do próprio país.

O diplomata aproveitou a deslocação àquela província para verificar igualmente o andamento dos projectos em curso nos quais participam empresas do seu país, como é o caso da produção de arroz na planície do Lusselua, Sanza Pombo e as obras de construção de várias infra-estruturas sociais.

Gao Kexiang reiterou o interesse de empresas do seu país com capacidades técnicas de investirem trabalharem em Angola e salientou que mais de cem empresas chinesas estão presentes em Angola, especialmente na construção civil e obras públicas, pecuária, agricultura e turismo.

O vice-governador para o sector económico e produtivo da província confirmou ao embaixador que a província tem enormes potencialidades em termos de recursos minerais quase ou nada explorados, bem como um solo e subsolo ricos sobretudo em areia, rochas, calcários, cobre, mármore e diamantes. (Macauhub/AO/CN)

MACAUHUB FRENCH