São Tomé e Príncipe obteve em 2014 melhores indicadores dos últimos 20 anos

9 February 2015

Os dados macroeconómicos de São Tomé e Príncipe em 2014 foram os melhores em duas décadas, sendo necessário aprofundá-los na perspectiva do Orçamento do Estado para 2015, anunciou o chefe de missão do Fundo Monetário Internacional (FMI).

“Em 2014 verificou-se um crescimento do investimento directo estrangeiro e a inflação continuou a descer, registou-se um nível de inflação mais baixo das duas últimas décadas e também constatámos que as reservas internacionais do país estão numa situação confortável”, disse Maxwell Opoku-Afari chefe da missão do FMI, que está a efectuar uma visita ao arquipélago.

Opoku-Afari adiantou que a perspectiva é positiva em termos globais e acrescentou “é preciso ver como é que se mantêm estes aspectos positivos e como é que são reflectidos no orçamento de 2015.”

Maxwell Opoku-Afari afirmou ser necessário capitalizar o crescimento registado em 2014, sendo que a presença desta equipa técnica do FMI em São Tomé e Príncipe visa apoiar o governo na preparação do Orçamento de Estado para 2015.

O chefe da missão do FMI disse ter-se reunido já com o ministro das Finanças e Administração Pública, Américo Ramos, com quem discutiu as grandes linhas do Orçamento do Estado, com presidente da Assembleia nacional, José da Graça Diogo, e com comissões especializadas do parlamento são-tomense. (Macauhub/ST)

MACAUHUB FRENCH