Ministro afirma que crédito à economia mantém-se sólido em Angola

10 February 2015

A concessão de crédito à economia mantém-se “sólida” desde o início do ano, não obstante as restrições ornamentais, devido ao programa de diversificação económica, afirmou em Luanda o ministro da Economia.

Abraão Gourgel, que fez esta declaração no final de uma reunião do Conselho de Ministros, referiu que o programa de diversificação da economia inclui a adopção de procedimentos que não exigem recursos avultados e acabam por implicar uma melhoria substancial do acesso ao crédito.

“Este programa inclui acções como a dinamização do acesso ao crédito interno e externo por projectos que forem aceleradores da diversificação da economia”, afirmou o ministro da Economia, citado pelo Jornal de Angola.

O ministro anunciou estar uma equipa técnica ministerial a desenvolver um modelo de apoio ao financiamento à indústria não petrolífera, modelo que deverá ficar pronto este ano.

Abraão Gourgel adiantou irem ser aplicadas práticas que o sector petrolífero utilizou com sucesso para permitir o desenvolvimento do sector em Angola, dinamizar os seguros agrícolas como complemento do crédito e a própria promoção do crédito agrícola para o qual os recursos estão assegurados por via do Orçamento Geral do Estado. (Macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH