Angola emite 20 mil milhões de dólares em dívida pública em 2015

11 February 2015

A emissão de dívida pública por Angola deverá situar-se este ano em 20 mil milhões de dólares, a captar junto de investidores privados e pagando juros que chegam a 7%, afirmou terça-feira em Luanda a directora da Unidade de Gestão da Dívida Pública do Ministério das Finanças.

Angélica Paquete, que apresentava o plano anual de endividamento público para 2015, disse que este montante, necessário para garantir o financiamento do Orçamento Geral do Estado de 2015, distribui-se em partes iguais pelo mercado externo e interno.

“Introduzimos no exercício fiscal de 2015 a possibilidade de os investidores privados ou colectivos poderem aceder ao mercado primário [interno”, salientou Angélica Paquete.

O acesso dos investidores privados pode ser feito através de Bilhetes de Tesouro, de prazos mais curtos e com taxas de juro que variam entre 4,5% (a 91 dias) e 6% (364 dias), num montante total a colocar pelo Estado equivalente a 402 mil milhões de kwanzas (3,8 mil milhões de dólares).

Igualmente acessível a investidores privados através do Banco Nacional de Angola estão as Obrigações de Tesouro, com maturidades de 2 a 5 anos, e taxas de juro de 7%, descritas pelo governo angolano como um dos mais elevados retornos do mundo neste tipo de produto financeiro.

O Estado angolano espera arrecadar, nesta componente, mais de 480 mil milhões de kwanzas (4,6 mil milhões de dólares) este ano, apesar da situação económica e financeira desfavorável no país, face à quebra nas receitas do petróleo.

Angélica Paquete anunciou igualmente que este ano será feita a primeira emissão de dívida no mercado internacional, com o apoio de parceiros financeiros do sector.

O “stock” de dívida pública de Angola atingirá este ano, de acordo com a mais recente previsão do Ministério das Finanças, 48,3 mil milhões de dólares, o que corresponde a 35,5% do PIB, entre dívida externa (24,5%) e dívida contraída internamente (11%). (Macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH