Banco de Cabo Verde reduz taxa de juro básica para 3,5%

16 February 2015

O Banco de Cabo Verde reduziu a taxa de juro básica em 25 pontos base, de 3,75% para 3,5% e as reservas mínimas de caixa em três pontos percentuais, de 18% para 15%, afirmou sexta-feira o governador do banco central.

João Serra disse que estas duas medidas de afrouxamento monetário visam contrariar o fraco dinamismo da actividade económica e estimular o crescimento, dado que “para que haja um crescimento interno mais robusto é preciso adoptar medidas de política activa e utilizar eficazmente os recursos disponíveis.”

O governador disse ainda que tendo por base a evolução positiva da inflação e das contas externas, o banco central está a aplicar desde Maio de 2013 uma política de afrouxamento monetário, tendo utilizado, por exemplo, as facilidades permanentes de depósitos e de empréstimos, bem como a emissão de títulos próprios como instrumentos essenciais para influenciar a decisão dos bancos comerciais e gerir a liquidez no sistema bancário.

Contudo, a transmissão das medidas de política monetária à economia real não tem sido desejável, devido a condicionantes estruturais e a conjuntura económica desfavorável.

João Serra concluiu dizendo “cabe agora aos bancos comerciais seguirem pela mesma via e baixarem as taxas de juro que aplicam aos seus clientes.”

As decisões anunciadas pelo banco central de Cabo Verde entram hoje em vigor. (Macauhub/CV)

MACAUHUB FRENCH