Angola termina presença na Bolsa de Turismo de Lisboa com “balanço positivo”

3 March 2015

A participação de Angola na 27ª edição da Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL) “foi positiva”, afirmou a directora técnica do Instituto de Fomento Turístico (Infotur) de Angola, Laureth da Silva Bravo, citada pela agência noticiosa Angop.

Ao efectuar um balanço sobre a presença de Angola no certame, que decorreu de 25 de Fevereiro a 1 de Março, na Feira Internacional de Lisboa, a directora técnica do Infotur manifestou-se satisfeita pelo número de visitantes no pavilhão de Angola, que ultrapassou três mil pessoas.

Na BTL, Angola evidenciou, entre outras, as suas Sete Maravilhas Naturais, designadamente as Quedas de Calandula (Malanje), Floresta de Maiombe (Cabinda), Lagoa do Carumbo (Lunda Norte), Grutas do Nzenzo (Uíge), Morro do Moco (Huambo), Quedas do rio Chiumbe (Lunda Sul) e Fenda da Tundavala (Huíla).

O Infotur expôs ainda as Quedas de Mupa (Huambo) e do Binga (Cuanza Sul), Serra da Leba (Namibe), assim como as Pedras de Pungo Andongo e o Parque Nacional de Cangandala (ambos em Malanje), bem como a “história, cultura, tradição e natureza de Angola”.

Além do instituto, o país esteve também representado pela província de Benguela, que fez a sua estreia através da Associação de Hotelaria e Turismo de Benguela, tendo promovido a potencialidade turística daquela região do sul de Angola. (Macauhub/AO/PT)

MACAUHUB FRENCH