Empresários portugueses estudam oportunidades de negócio em São Tomé e Príncipe

5 March 2015

O governo de Portugal pretende que o novo ciclo de cooperação com São Tomé e Príncipe se centre no desenvolvimento com a participação de investidores privados portugueses, afirmou o secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e Cooperação de Portugal.

O secretário de Estado Luís Campos Ferreira disse terça-feira, no final da visita oficial iniciada a 27 de Fevereiro, que nos próximos meses empresários portugueses deverão visitar o arquipélago para diversos encontros, na perspectiva de analisar projectos viáveis.

Campos Ferreira disse ainda ter o sector energético sido identificado como uma das prioridades.

“A criação de um sistema energético fiável em São Tomé e Príncipe, que possibilite as famílias de usufruírem de energia eléctrica, mas que possibilite também quem quer investir em indústria que o possa fazer com segurança é uma prioridade”, sublinhou o secretário de Estado.

O Programa Indicativo de Cooperação (PIC), assinado há três anos entre os dois países, centra-se no combate à pobreza e na promoção do desenvolvimento sustentável do arquipélago, devendo o próximo dar continuidade à cooperação nos sectores considerados tradicionais, nomeadamente a formação científica e tecnológica, empreendedorismo, educação e saúde.

O secretário de Estado salientou que ao abrigo do PIC que começou a ser executado em 2012 e está na recta final Portugal contribuiu com 40 milhões de euros para diversos projectos de desenvolvimento de São Tomé e Príncipe. (Macauhub/PT/ST)

MACAUHUB FRENCH