Produtor alemão de cimento estuda investimento em Moçambique

6 March 2015

A HeidelbergCement AG, o terceiro maior fabricante mundial de cimento, está a analisar um eventual investimento em Moçambique e na África do Sul para responder à crescente procura de materiais de construção em África, afirmou o presidente executivo do grupo.

Scheifele disse à agência financeira Bloomberg que a procura de cimento em África tem registado um crescimento estável ao longo dos últimos anos, de cerca de 5 milhões de toneladas/ano, “o que é diferente do que acontece em termos mundiais.”

O presidente da HeidelbergCement AG falava em Ouagadougou, capital do Burkina Faso, onde se deslocou a fim de inaugurar uma fábrica de cimento que custou 50 milhões de dólares e que irá produzir 700 mil toneladas por ano.

Em África, o grupo alemão tem investimentos no Gana, Benin, Libéria, Tanzânia, Serra Leoa, Togo e República Democrática do Congo.

A fábrica do Burkina Faso será abastecida de matéria-prima a partir do vizinho Togo, onde o grupo alemão está a construir uma fábrica para a produção de clínquer, um investimento de 300 milhões de dólares. (Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH