Sociedade Mineira de Catoca, Angola com novo director-geral

9 March 2015

O director-geral da Sociedade Mineira de Catoca (SMC), José Ganga Júnior, foi substituído no cargo por Sergei Mitiukhin, cidadão russo, por decisão dos accionistas reunidos em assembleia geral, informou a empresa de acordo com a Angop.

O novo director-geral da SMC tem um mandato de quatro anos, depois de Ganga Júnior ter permanecido nessa posição durante 20 anos, e terá dois directores-gerais adjuntos, de nacionalidade angolana, que serão indicados dentro de dias pela Empresa Nacional de Diamantes de Angola (Endiama).

Sergei Mitiukhin é formado na área de ciências da Terra e até ao momento desempenhava o cargo de director de operações para África da companhia diamantífera russa Alrosa, accionista da SMC e uma das grandes empresas mundiais do sector dos diamantes.

Com esta alteração na Sociedade Mineira de Catoca, os accionistas dão cumprimento aos estatutos da empresa que prevêem a rotatividade dos cargos de direcção.

A SMC é uma empresa de prospecção, exploração, recuperação e comercialização de diamantes, que tem como accionistas a estatal Endiama (32,8%) a russa Alrosa (32,8%), a LLI Holdings (18%) e o grupo brasileiro Odebrecht (16,4%).

A Sociedade Mineira de Catoca está envolvida em projectos nas províncias do Cuanza Sul, Lunda Sul, Lunda Norte e Bié e a mina de Catoca é o quarto maior quimberlito do mundo a céu aberto, com um diâmetro de aproximadamente um quilómetro, uma área de 64 hectares e uma profundidade de 120 metros. (Macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH