Rede de distribuição de gás de Maputo, Moçambique, quase concluída

11 March 2015

As obras de construção da rede de distribuição de gás de Maputo e Marracuene, sul de Moçambique, estão quase concluídas, anunciou terça-feira em Maputo o consórcio Empresa Nacional de Hidrocarbonetos/Kogas.

“Já foram construídos 13 quilómetros do gasoduto, correspondentes a um grau de execução de 89% e o trabalho remanescente poderá ficar concluído este mês, caso não haja imprevistos de natureza técnica ou climatérica”, informou o consórcio em comunicado.

As obras, iniciadas em Dezembro de 2014, estão inseridas na segunda fase do projecto de distribuição de gás de Maputo e Marracuene e pretendem instalar um gasoduto de 14,6 quilómetros, a partir do Zimpeto, arredores da capital moçambicana, até à vila de Marracuene.

Na primeira fase, o consórcio, detido pela empresa moçambicana ENH e pela sul-coreana Kogas, construiu uma rede de 62 quilómetros, num projecto orçado em mais 35 milhões de euros e que já está em funcionamento.

Em 2009, o governo moçambicano concessionou à ENH a comercialização e distribuição de gás na cidade de Maputo e no distrito de Marracuene e a estatal moçambicana convidou a Kogas para formar o consórcio responsável pelo projecto, que acabou por ser financiado pela Coreia do Sul. (Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH