Turismo ajuda a diversificar economia de Angola

12 March 2015

O turismo pode vir a representar uma mais-valia para o Produto Interno Bruto de Angola, com uma participação anual de pelo menos 4,7 mil milhões de dólares a partir de 2020, afirmou a directora técnica do Instituto de Fomento Turístico de Angola (Infotur).

Laureth da Silva Bravo, que chefiou a participação angolana na 49.ª edição da Feira Internacional de Turismo de Berlim, disse ainda que o “turismo em Angola pode transformar-se numa das fontes de receitas e contribuir para a diversificação económica do país”, de acordo com a agência noticiosa Angop.

Ao efectuar um balanço sobre a participação angolana naquele certame, cujo principal objectivo foi divulgar as potencialidades turísticas do país, Laureth da Silva Bravo sublinhou o interesse dos turistas estrangeiros em visitarem e investirem no turismo do país nos próximos tempos.

Presente igualmente no certame a agência da Área de Conservação Transfronteiriça do Projecto Okavango-Zambeze, reserva natural integrada por Angola, Botswana, Namíbia, Zâmbia e Zimbabué.

A Feira de Turismo de Berlim, reservada a visitantes profissionais e considerada a maior a nível da indústria turística mundial, contou este ano com a participação de mais de dez mil expositores de 186 países. (Macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH