Portucel investe 2,3 milhões de dólares em Moçambique para produzir pasta de papel

22 March 2015

A empresa portuguesa Portucel vai durante o corrente ano investir 2,3 milhões de dólares na plantação de eucaliptos nas províncias centrais de Manica e Sofala que irão servir para produzir pastas de papel e energia em Moçambique.

Segundo a Agência de Informação de Moçambique (AIM) o projecto de reflorestação poderá criar mais de 7.500 empregos para os moçambicanos da região.

O governo mocambicano disponibilizou cerca de 350 mil hectares de terra à Portucel para a concretização do projecto, que terá a participação em 20 por cento do Banco Mundial, através da Corporação Financeira Internacional (IFC- sigla em inglês), que acordou apoiar e sustentar o investimento.

“O grupo Portucel actua pela segunda vez em Mocambique, sendo que na primeira, realizada em 2013, criou um total de sete mil novos empregos e garantiu a segurança alimentar de mais de 25 mil famílias, apoiando a actividade dos pequenos agricultores e criando condições favoráveis para as pequenas e medias empresas na região central de Moçambique.” escreve a AIM. (Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH