Companhias de seguros de Angola preparadas para garantir importações

31 March 2015

As companhias de seguros de Angola estão preparadas para assumir os riscos de perdas derivados da importação de mercadorias, afirmou segunda-feira, em Luanda, o presidente da ENSA – Seguros de Angola.

Manuel Gonçalves, que falava à margem de um seminário sobre Frete Marítimo e o Seguro de Importação de Mercadorias, disse que o seguro para a importação de mercadorias devia ser obrigatório e adiantou que muitos que o fazem contraem o seguro fora de Angola, “o que prejudica a economia nacional.”

“É importante que os importadores nacionais efectuem os seguros em Angola e não no exterior, como muitos fazem”, salientou o presidente da ENSA, citado pela agência noticiosa Angop.

Manuel Gonçalves disse ainda que no que respeita à empresa que dirige tem a mesma condições para garantir aos importadores a segurança necessária para que em caso de sinistro possam ver recuperados os valores aplicados.

A responsável da Bolsa Nacional do Frete, Marina de Almeida Costa, disse no decurso do seminário que tem a instituição procurado encontrar soluções para minimizar os efeitos dos elevados valores monetários pagos no exterior pelos importadores angolanos no caso particular e africanos em geral.

“Os fretes pagos para o envio de mercadorias para África são excessivamente altos, quando comparados com os de outros pontos do mundo em situações idênticas”, afirmou a responsável da Bolsa Nacional do Frete. (Macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH