Buzi Hydrocarbons da Indonésia inicia prospecção petrolífera em Moçambique

1 April 2015

A empresa Buzi Hydrocarbons da Indonésia inicia em breve furos de prospecção de hidrocarbonetos no bloco de Buzi, em Moçambique, uma área ainda relativamente pouco explorada, informou o jornal Notícias, de Maputo.

O jornal adiantou que está a decorrer “a preparação do local para a realização de furos com cerca de 15 225 pés de profundidade nos poços BD1 e BD2, ambos no interior do campo de gás de Buzi”, caracterizada como “uma das regiões menos exploradas até ao momento do ponto de vista de conhecimento do seu potencial em hidrocarbonetos.”

A única actividade de exploração comercial de gás natural na bacia sedimentar de Moçambique está a ser feita pelo grupo sul-africano Sasol, nomeadamente nos jazigos de Pande e Temane, na província de Inhambane, que exporta a maior parte da produção para a África do Sul.

Se a prospecção e posterior exploração forem bem-sucedidas, aquela empresa prevê que a produção comercial, em ambos os poços, se inicie em 2018, tendo já sido identificados potenciais compradores para o gás.

A exploração resulta de um contrato de concessão para a exploração e produção de hidrocarbonetos com o Estado moçambicano, que detém 75% dos direitos sobre a propriedade do bloco de Buzi, escreve o jornal, acrescentando que a participação remanescente de 25% naquele bloco é propriedade do Estado, através da Empresa Nacional de Hidrocarbonetos (ENH). (Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH