União Europeia apoia sector agrícola de Angola

9 April 2015

A União Europeia (UE) destinou 84 milhões de euros para apoiar o sector agrícola em Angola, no decurso dos próximos cinco anos, disse quarta-feira em Luanda o responsável pela Cooperação da delegação da UE em Angola.

À margem das Primeiras Jornadas Nacionais de Nutrição, promovidas pelo governo angolano, Fernando Trabada Crende disse que o apoio europeu visa ajudar a combater a subnutrição em Angola, a quinta causa de morte infantil no país.

O responsável, que apresentou o tema “Cooperação em segurança alimentar e nutricional entre o governo de Angola e a União Europeia”, disse que a subnutrição em Angola é muito preocupante, sublinhando que há o reconhecimento das autoridades angolanas do seu forte impacto no desenvolvimento humano e do país.

Fernando Trabada Crende disse ainda que as províncias do sul e do planalto central de Angola vão merecer uma atenção particular, sendo igualmente objectivo procurar definir o estado nutricional das populações nas zonas de intervenção, antes das acções de combate à subnutrição para uma melhor percepção do problema.

O Programa Indicativo Nacional (PIN), que define a estratégia e as prioridades da cooperação entre o governo de Angola e a ajuda da UE, situa a segurança alimentar e nutricional como um dos domínios prioritários da parceria.

O PIN para Angola é financiado com fundos da UE e ao abrigo do 11º Fundo Europeu de Desenvolvimento, sendo a contribuição total comunitária de 210 milhões de euros até 2020. (Macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH