Empresa australiana extrai 1317 diamantes em concessão em Angola

10 April 2015

A exploração de diamantes de aluvião no Lulo, na província angolana da Lunda Norte, permitiu a extracção de 1317 diamantes desde Janeiro passado, informou a empresa australiana Lucapa Diamond em comunicado divulgado quarta-feira.

Os diamantes extraídos, em resultado do processamento de 12 912 metros cúbicos de rocha, tinham uma massa total de 1335 quilates, com uma média de 1,01 quilate, tendo o maior 26,7 quilates.

O bloco 29 é a primeira zona de diamantes de aluvião a ser explorada no Lulo desde que a diamantífera australiana e os parceiros assinaram, em Novembro último, um contrato de concessão válido por 35 anos.

A empresa, que tem como parceiros angolanos neste projecto a estatal Empresa Nacional de Diamantes de Angola (Endiama) e o grupo privado Rosas & Pétalas, garante que com estes resultados atingirá em Junho próximo um fluxo de caixa positivo na actividade mineira, a partir do Lulo.

Na fase de prospecção, que se prolongou durante seis anos, a empresa extraiu na zona do Lulo 876,5 quilates, destacando-se uma pedra de 131,4 quilates, a maior de todas as encontradas, que renderam 6 milhões de dólares.

A concessão do Lulo dista 150 quilómetros da mina de diamantes de Catoca, a maior de Angola e quarta maior do género em todo o mundo, estando ambas localizadas na mesma área geológica. (Macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH