Encontro entre China e países de língua portuguesa na Guiné-Bissau no final de 2015

16 April 2015

O encontro empresarial entre a China e os países de língua portuguesa realiza-se no final do corrente ano na Guiné-Bissau, anunciou Echo Chan, secretária-geral adjunta do Secretariado Permanente do Fórum de Macau.

Trata-se da primeira vez, desde a criação do Fórum de Macau, que Bissau acolhe um encontro empresarial da China com os países de língua portuguesa, tendo Angola, Brasil, Cabo Verde, Moçambique, Portugal e Timor-Leste sido já anfitriões destes encontros anuais.

Echo Chan, numa entrevista ao jornal Ponto Final, considerou que estes encontros, iniciados em 2005, nos países de língua portuguesa são uma oportunidade para os empresários aprofundarem os seus conhecimentos sobre os países-membros do Fórum de Macau.

“Há diferentes mercados e diferentes sectores e a ideia é criar diferentes oportunidades. Temos de procurar a cooperação de acordo com as necessidades de desenvolvimento de cada país. Existe o Fundo de Cooperação e Desenvolvimento entre a China e os Países de Língua Portuguesa para apoiar projectos de infra-estruturas. Além disso, o Fórum proporciona apoios em bolsas de estudo e formação em vários sectores”, disse Echo Chan.

A secretária-geral adjunta do Secretariado Permanente do Fórum de Macau considerou ainda que “os empresários de cada país sabem onde querem investir e quais as suas necessidades” e recordou que a plataforma Macau existe para facilitar o conhecimento e intercâmbio e ampliar as oportunidades de negócio entre os membros do Fórum de Macau.

Echo Chan revelou igualmente que no âmbito do Fundo de Cooperação e Desenvolvimento entre a China e os Países de Língua Portuguesa estão já em curso dois projectos, mas indicou que 20 outros estão a ser preparados para serem apresentados oportunamente no sentido de obter apoios financeiros para a sua execução.

A mesma responsável defendeu igualmente a importância para os países de Fórum do projecto da Rota Marítima da Seda, lançado pelo presidente da China Xi Jinping e que Macau anunciou estar pronto a participar. (Macauhub/AO/BR/CN/CV/GW/MO/MZ/PT/TL)

MACAUHUB FRENCH