Comércio entre a China e os países de língua portuguesa cai 23,64% em Janeiro/Fevereiro

16 April 2015

O comércio entre a China e os países de língua portuguesa em Janeiro e Fevereiro atingiu 15,02 mil milhões de dólares, valor que representa uma quebra homóloga de 23,64%, de acordo com dados oficiais divulgados em Macau.

Os dados dos Serviços de Alfândega da China divulgados pelo Secretariado Permanente do Fórum Macau indicam que nos dois primeiros meses do ano a China vendeu aos oito países de língua portuguesa bens no valor de 7,94 mil milhões de dólares (+16,5% em termos anuais) e importou mercadoria no montante de 7,08 mil milhões de dólares (-44,90%).

Com o Brasil, o principal parceiro comercial da China a nível mundial, o comércio bilateral ascendeu a 9,79 mil milhões de dólares (-18,46%), com a China a ter vendido aos brasileiros bens no valor de 5,81 mil milhões de dólares (+4,24%) e a ter comprado artigos com um valor de 3,97 mil milhões de dólares (-38,18%).

Angola surge na segunda posição de entre os oito de língua portuguesa com um comércio bilateral com a China no montante de 3,97 mil milhões de dólares (-41,05%), em resultado de exportações chinesas de 1,20 mil milhões de dólares (+96,50%) e importações de 2,77 mil milhões de dólares (-38.18%).

Com Portugal, terceiro na lista por valor, o comércio bilateral foi de 789 milhões de dólares (+25,67%), com vendas chinesas no valor de 546 milhões de dólares (+27,72%) e vendas portuguesas de 242 milhões de dólares (+21,29%).

O comércio entre a China e Moçambique atingiu nos primeiros dois meses do ano 442 milhões de dólares (+60,59%), em resultado de exportações chinesas de 344 milhões de dólares (+92,39%) e exportações moçambicanas no montante de 98 milhões de dólares (+1,64%).

As trocas comerciais entre a China e os restantes países de língua portuguesa – Cabo Verde, Guiné-Bissau, Timor-Leste e São Tomé e Príncipe – ascendeu no período a 28,8 milhões de dólares. (Macauhub/AO/BR/CN/CV/GW/MZ/PT/TL/ST)

MACAUHUB FRENCH