Quinto concurso de exploração de gás natural em Moçambique adiado para Julho

17 April 2015

O governo de Moçambique adiou para o final de Julho o prazo para as licitações do quinto concurso para a concessão de áreas de pesquisa e produção de gás natural, sem adiantar motivos para este terceiro adiamento.

Em causa está um total de 15 blocos que incluem 76,8 quilómetros quadrados nas bacias do Rovuma (norte do país), Zambeze (centro) e Angoche (norte), e à volta da zona da concessão de Pande/Temane (sul), bem como em Palmeira (sul).

O comunicado que foi quinta-feira divulgado na página do Instituto Nacional do Petróleo (http://www.inp.gov.mz/) não apresenta motivos para mais este adiamento, o terceiro desde que o concurso foi inicialmente lançado em Londres, em Outubro de 2014.

Depois de ter sido adiado para Janeiro, o prazo foi novamente prorrogado até final deste mês.

Em Dezembro passado, o Instituto divulgou um comunicado em que justificava o adiamento com “diversos pedidos para extensão do prazo do seu encerramento, bem como a necessidade de maximizar o número de companhias concorrentes”. (Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH