Empresa Emanha investe na produção de rochas ornamentais em Angola

6 May 2015

A empresa de exploração e de produção de rochas ornamentais Emanha investiu, nos últimos anos, mais de 20 milhões de dólares no reequipamento das fábricas, pedreiras e recuperação de infra-estruturas, disse o director-geral da empresa angolana.

Henrique Carriço disse à agência noticiosa Angop que o investimento realizado nas três províncias onde a empresa opera visou igualmente alargar a capacidade de produção para responder à procura dos produtos comercializados.

A Emanha conta actualmente com três pedreiras, localizadas na Huíla, Namibe e Benguela, com uma produção anual de 100 mil metros cúbicos de granitos que alimentam fábricas próprias, cujo produto acabado é comercializado no mercado angolano.

A empresa trabalha granitos das espécies Negro Angola, Cinza Caraculo, Rosa Lucira e Rosa e pretende introduzir no mercado a Rosa Huíla, produto que é relativamente novo e é explorado na comuna da Huíla, município do Lubango.

Na província de Benguela a empresa explora depósitos de calcário e na de Namibe mármore branco, que é posteriormente enviado em bloco para a fábrica do Lubango a fim de aí ser processado.

Numa fase inicial a Emanha tinha como principais mercados países da Europa e da Ásia mas, na sequência da crise internacional e do abaixamento dos preços, decidiu concentrar-se no mercado angolano “até por que o país está numa fase de reconstrução.

A Emanha começou a exploração e transformação de granitos em 2002, na província da Huíla. (Macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH