Moçambique pretende reactivar Companhia Açucareira do Búzi

6 May 2015

O governo de Moçambique continua à procura de soluções para que a Companhia Açucareira do Búzi (CB), no distrito do mesmo nome, província central de Sofala, retome a laboração, disse o secretário permanente distrital, Fernando Félix.

A empresa, paralisada há mais de duas décadas, tem os campos de produção da cana completamente abandonados e a unidade fabril em avançado estado de degradação.

Fernando Félix sublinhou ao jornal Notícias, de Maputo, a importância socioeconómica daquela empresa, que constituía quando em actividade a principal fonte de emprego do distrito.

O Notícias escreve que atendendo ao avançado estado de degradação da fábrica de processamento de cana-de-açúcar deverá a mesma ser abandonada e construída uma outra, facto que ainda não se concretizou.

Em Moçambique existem em laboração quatro fábricas de produção de açúcar – Marromeu, Xinavane, Maragra e Mafambisse – e 25 associações de produtores e 486 produtores independentes. (macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH