Empresa chinesa conclui em Dezembro Circular de Maputo, Moçambique

11 May 2015

A estrada circular de Maputo, cuja construção foi adjudicada à empresa China Road and Bridge Corporation (CRBC), ficará pronta em Dezembro próximo e não no primeiro semestre conforme previsto, anunciou o ministro das Obras Públicas de Moçambique.

Carlos Bonete, que no sábado passado efectuou uma visita ao local, disse que o atraso se deve a diversos factores relacionados com a natureza e a complexidade da empreitada.

Inicialmente estava previsto que a estrada entrasse em funcionamento de Dezembro de 2014 mas esta data-limite foi ultrapassada devido a problemas relacionados com o realojamento das famílias que habitavam no local escolhido para a construção.

O projecto, com um custo estimado em cerca de 315 milhões de dólares, compreende a construção de uma estrada de 74 quilómetros que vai criar um novo eixo Norte/Sul (entre a praia da Miramar e a vila de Marracuene), indo no seu percurso ser construídas seis pontes e três nós variados que irão permitir o fluxo de tráfego da Estrada Nacional Número Um no troço Zimpeto-Marracuene.

A obra foi adjudicada à CRBC pela Empresa de Desenvolvimento de Maputo, uma empresa pública que gere não só a construção da Estrada Circular de Maputo mas também a ponte para a Catembe e a estrada Catembe-Bela Vista. (Macauhub/MZ/CN)

MACAUHUB FRENCH