Grupo Mitsui & Co continua empenhado no gás natural de Moçambique

11 May 2015

O grupo japonês Mitsui & Co anunciou sexta-feira pretender manter a participação que controla no bloco Área 1 da bacia do Rovuma, norte de Moçambique e que uma decisão final de investimento deverá ser tomada no final do ano.

“Pretendemos ter uma decisão final de investimento ainda este ano e iniciar a produção de gás natural liquidificado e 2019”, disse Keigo Matsubara, director financeiro do grupo, de acordo com a agência financeira Reuters.

As declarações do director financeiro da Mitsui & Co surgem depois do grupo norte-americano Anadarko Petroleum ter anunciado igualmente não ter planos para vender a sua participação naquele bloco.

O grupo controla uma participação de 26,5% no bloco Área 1 da bacia do Rovuma, no norte de Moçambique junto à fronteira com a Tanzânia, no qual tem como parceiros a Mitsui EP Moçambique Área 1 Limitada (20%), BPRL Ventures Moçambique B.V. (10%), Videocon Moçambique Rovuma Área 1 Limitada (10%) e PTT Exploração e Produção Plc (8,5%) e a estatal Empresa Nacional de Hidrocarbonetos 15% durante a fase de exploração.

As reservas de gás natural até agora descobertas na bacia do Rovuma apontam para a existência de mais de 200 biliões de pés cúbicos, que poderão colocar Moçambique no grupo dos cinco maiores exportadores de gás natural do mundo a par com a Rússia, o Qatar e Austrália. (Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH