Comércio entre a China e países de língua portuguesa cai 25,36% no 1º trimestre

13 May 2015

As trocas comerciais entre a China e os países de língua portuguesa caíram 25,36% em termos homólogos para 21 733 milhões de dólares no primeiro trimestre do ano, de acordo com dados da Administração das Alfândegas da China divulgados em Macau.

Nos primeiros três meses do ano a China vendeu aos oito países de língua portuguesa bens no valor de 10 617 milhões de dólares (+7,59%) e comprou mercadorias no montante de 11 115 milhões de dólares (-42,25%).

Com o Brasil, o principal parceiro comercial da China em termos mundiais, as trocas comerciais atingiram 14 377 milhões de dólares (-20,91%), com a China a ter vendido bens no valor de 8051 milhões de dólares (+0,27%) e a ter comprado produtos no valor de 6326 milhões de dólares (-3,67%).

As trocas comerciais com Angola, o segundo maior parceiro comercial da China de entre os oito de língua portuguesa, atingiram no período 5683 milhões de dólares (-40,34%), com exportações chinesas no valor de 1402 milhões de dólares (+54,16%) e importações que  se cifraram em 4280 milhões de dólares (-50,32%).

Portugal aparece em terceiro lugar com trocas comerciais com a China no valor de 1048 milhões de dólares (+10,63%), com exportações chinesas no montante de 681 milhões de dólares (+11,69%) e portuguesas no valor de 367 milhões de dólares (+8,70%).

Com Moçambique as trocas comerciais bilaterais foram de 587 milhões de dólares (+37,02%), com a China a vender produtos no valor de 447 milhões de dólares (+52,91%) e a comprar bens no montante de 140 milhões de dólares (+3,04%).

No primeiro trimestre, os restantes países de língua oficial portuguesa – Cabo Verde, Guiné-Bissau, Timor-Leste e São Tomé e Príncipe – registaram trocas comerciais com a China no valor de 35,08 milhões de dólares. (Macauhub/AO/BR/CN/CV/GW/MZ/PT/TL/ST)

MACAUHUB FRENCH