Angola quer ser destino de navios de cruzeiro

15 May 2015

O governo está a trabalhar com as as agências de viagens e operadores turísticos para que os diversos portos de Angola comecem a receber navios de cruzeiro, disse terça-feira em Luanda o director das Actividades Turísticas do Ministério da Hotelaria e Turismo.

Destino Alexandre, citado pelo Jornal de Angola, comentava a chegada à capital angolana de um navio de cruzeiro com 600 turistas de diversas nacionalidades, onde permaneceu algumas horas para que os passageiros pudessem visitar a cidade.

Aquele responsável disse ainda que a chegada de um navio de passageiros é um contributo para a difusão da imagem do país no exterior e “representa uma mais-valia pata Angola e uma oportunidade para promover o turismo interno e internacional.”

O navio de cruzeiro, que chegou a Luanda na manhã de terça-feira, havia escalado a Cidade do Cabo, na África do Sul, e Luderitz e Walvis Bay, ambos na Namíbia.

Depois de Luanda, o navio seguiu para São Tomé e Príncipe, Cabo Verde, Inglaterra, França, Portugal, Espanha e Marrocos.

Este é o oitavo navio de cruzeiro e um dos maiores a escalar Angola este ano, estando previsto que outros oito escalem Luanda, Benguela e Namibe na época turística de 2015.

Uma comitiva do Ministério da Hotelaria e Turismo participou recentemente na Feira Internacional de Turismo (Indaba), em Durban (África do Sul), com o objectivo e angariar investidores para o desenvolvimento de alguns pólos turísticos, como é o caso do Cabo Ledo. (Macauhub/AO/ST)

MACAUHUB FRENCH