Investimento da China no Brasil pode ultrapassar 100 mil milhões de dólares

19 May 2015

Os investimentos públicos e privados da China no Brasil podem ultrapassar 100 mil milhões de dólares, o dobro do anunciado pelas autoridades brasileiras para as infra-estruturas, afirmou o presidente da Câmara de Comércio Brasil-China, Charles Tang.

O primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, chegou segunda-feira a Brasília para uma visita oficial de três dias, na qual deverá assinar 30 actos oficiais e encontrar-se com a Presidente Dilma Rousseff e outras autoridades na capital do país e no Rio de Janeiro.

Os investimentos chineses no programa de infra-estruturas do Brasil, entre projectos em andamento e novos projectos, devem cifrar-se em 53,3 mil milhões de dólares, afirmou o embaixador José Graça Lima, que actua nas relações entre o Brasil e o continente asiático no Ministério das Relações Exteriores.

Mas o presidente da Câmara de Comércio Brasil-China disse à agência noticiosa Lusa que, além desse fundo para as infra-estruturas, as acções em outras áreas, incluindo a alta tecnologia e fusões e aquisições, devem duplicar o montante do investimento.

“A China confia mais no Brasil do que os próprios brasileiros”, disse Tang, ao citar o empréstimo de 3,5 mil milhões de dólares assinado em Abril pelo Banco de Desenvolvimento da China com a petrolífera brasileira Petrobras.

Charles Tang disse também que a China investe para “ocupar fatias do mercado consumidor, ter acesso às fontes dos recursos estratégicos de que necessita para um crescimento sustentável e garantir a segurança alimentar da sua população.” (Macauhub/BR/CN)

MACAUHUB FRENCH