Total E&P Angola inicia projecto petrolífero Kaombo

28 May 2015

A empresa Total E&P Angola inicia hoje o projecto Kaombo, no bloco 32 do mar de Angola, onde espera vir a registar uma produção diária de 230 mil barris de petróleo a partir de 2017, informou a empresa em comunicado divulgado quarta-feira em Luanda.

O início deste projecto ocorre com a construção de mais de estruturas e equipamentos com mais de 84 mil toneladas, como sejam instalações submarinas ou módulos nos estaleiros de Porto Amboim (Cuanza Sul) e de Ambriz (Bengo), que começam a ser construídos a partir de hoje.

O projecto Kaombo, a 260 quilómetros de Luanda, prevê a produção de petróleo em águas ultraprofundas (1400 a 1900 metros de profundidade), estimando uma produção diária de 230 mil barris a partir de 2017 e projectando reservas de 650 milhões de barris.

Prevê-se o desenvolvimento de seis das 12 descobertas já efectuadas no bloco 32, envolvendo especificamente os campos Gengibre, Gindungo, Caril, Canela, Louro e Mostarda, que cobrem uma área de 800 quilómetros quadrados.

Total E&P Angola, subsidiária do grupo francês Total, é operadora do bloco 32 com uma quota de 30%, tendo como parceiros a Sonangol (30%), a Sonangol Sinopec International (20%), a Esso Exploration and Production Angola (Overseas) Limited (15%) e a Galp Energia (5%). (Macauhub/AO/PT)

MACAUHUB FRENCH