Grupo da Tailândia pronto para investir em projecto de gás em Moçambique

11 June 2015

O grupo PTT Exploration and Production da Tailândia está pronto para investir 1500 milhões de dólares na produção de gás natural liquidificado em Moçambique, afirmou em Banguecoque o presidente executivo Tevin Vongvanich.

O responsável disse que os planos de investimento do grupo tanto para este ano como para 2016 incluem já o desenvolvimento dos campos de gás natural da bacia do Rovuma, norte de Moçambique, depois do consórcio ter já garantido encomendas de 8 milhões de toneladas por ano.

O investimento total está estimado em 20 mil milhões de dólares, cabendo ao grupo tailandês 1500 milhões de dólares decorrente do facto de a sua participação no projecto ser de 8,5%.

Citado pelo jornal em língua inglesa The Nation, Tevin Vongvanich disse ainda que dos 12 milhões de toneladas de produção anual prevista, 8 milhões estão já vendidos com contractos de longo prazo, podendo os restantes 4 milhões de toneladas ser vendidos no mercado à vista.

O grupo norte-americano Anadarko Petroleum anunciou recentemente a contratação do consórcio CCS JV como empreiteiro principal do projecto, composto pelas empresas Chicago Bridge & Iron dos Estados Unidos, Chiyoda Corporation do Japão e Saipem de Itália.

O grupo funciona como operador com uma participação de 26,5% do bloco Área 1 da bacia do Rovuma, norte de Moçambique, no qual tem como parceiros a estatal Empresa Nacional de Hidrocarbonetos (15%), Mitsui E&P Mozambique Area1 (20%), ONGC Videsh (16%), Bharat PetroResources (10%), PTT Exploration & Production Plc (8,5%) e Oil India Limited (4%). (Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH