Áustria quer aumentar trocas comerciais com Moçambique

18 June 2015

A Áustria pretende aumentar as trocas comerciais com Moçambique, que ficaram abaixo de 20 milhões de euros em 2014, disse na quarta-feira, em Maputo, o vice-presidente da Câmara Federal de Economia austríaca, Richard Schenz.

No lançamento de um fórum empresarial entre os dois países, Richard Schenz adiantou que, no ano passado, as exportações para Moçambique totalizaram 15,3 milhões de euros, tendo as importações austríacas sido de quatro milhões de euros.

No fórum de negócios estiveram representadas 11 empresas austríacas com interesses nas áreas de saúde, energia, água, indústria, produtos alimentares e veículos especializados e que a Câmara Federal de Economia da Áustria espera que possam potenciar as trocas comerciais entre os dois países.

Algumas destas empresas actuam nas áreas de cooperação definidas pelos dois Estados, designadamente nas de energia, água e saneamento, agricultura e desenvolvimento rural, dispondo a Áustria de um programa de financiamento bonificado para projectos governamentais a que Moçambique pode recorrer, assinalou Richard Schenz.

A construção do Hospital de Monapo, na província de Nampula, um projecto de cerca de cinco milhões de euros que está a ser desenvolvido pela construtura austríaca VAMED, assim como outro relacionado com pontes na província de Sofala, também do mesmo valor, são exemplos de iniciativas financiadas através deste programa.

Com relações diplomáticas com Moçambique há quase quatro décadas, a Áustria integra o grupo Parceiros de Apoio Programático (PAP), que presta anualmente assistência financeira ao Estado moçambicano.

Em 2014, o orçamento das iniciativas de cooperação da Áustria em Moçambique foi de seis milhões de euros, dos quais 1,5 milhões de euros disponibilizados através do grupo PAP, também denominado de G19. (Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH