China apoia abastecimento de pescado e produção de arroz na Guiné-Bissau

23 June 2015

A China vai despender 10 milhões de dólares para melhorar o abastecimento de pescado no mercado doméstico da Guiné-Bissau, anunciou domingo em Bissau o embaixador da China no país.

O gesto do governo chinês visa, de acordo com o embaixador Wuang Hua, acabar com a escassez de pescado que, nos últimos tempos, se faz sentir no mercado interno da Guiné-Bissau.

Para a materialização deste projecto, o embaixador da China anunciou que, em breve, uma nova empresa de pesca chinesa irá começar a funcionar em Bissau, dando emprego directo a 400 pessoas.

“Trata-se duma empresa moderna que passará a processar a captura da pesca artesanal e estabelecer uma rede de comercialização no país, particularmente nas províncias do interior”, sublinhou o diplomata chinês.

Entretanto, o embaixador revelou que a China pretende ajudar a Guiné-Bissau a aumentar a produção de arroz, fazendo com que o país comece a exportar cereal, indo um grupo de 30 jovens e técnicos agrícolas guineenses partir na próxima semana para a China para receber formação sobre técnicas agrícolas.

De acordo com Huang Wua trata-se de um curso especial organizado pelo governo chinês em colaboração com o ministério da Agricultura e a Presidência da Republica guineenses. (Macauhub/CN/GW)

MACAUHUB FRENCH