Consórcio indiano angaria fundos para aplicar em Moçambique

25 June 2015

O consórcio estatal indiano International Coal Ventures Ltd (ICVL) já angariou 185 milhões de dólares para financiar o aumento da extracção de carvão nos activos mineiros de que dispõe em Moçambique, noticiou a cadeia de televisão CNBC-TV18.

O consórcio, que foi constituído pelo governo da Índia para a aquisição de activos mineiros no estrangeiro a fim de dar resposta às necessidades em matérias-primas de empresas como a Steel Authority of Índia Limited (SAIL), Coal India Limited (CIL) e NTPC Limited, tem andado à procura de fundos para aplicar na mina em laboração em Moçambique.

A CNBC-TV18 informou ainda que o empréstimo de 185 milhões de dólares contraído junto do Banco de Exportações e Importações da Índia tem uma maturidade de seis anos e uma taxa de juro igual à Libor (“London Interbank Offered Rate”) mais 250 pontos base.

Estes fundos serão utilizados na aquisição de equipamento mineiro mais moderno e na constituição de uma rede de distribuição de carvão mineral.

O consórcio, que agrega os grupos SAIL, CIL, NTPC Limited, National Mineral Development Corporation (NMDC) e Vizag Steel, adquiriu em Julho de 2014 por 50 milhões de dólares os activos carboníferos do grupo anglo-australiano Rio Tinto. (Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH