Angola mantém preferência pelos vinhos portugueses

2 July 2015

Angola despendeu em 2014 cerca de 18 mil milhões de kwanzas (132 milhões de euros) na importação de vinhos produzidos em Portugal, disse o presidente da Associação Interprofissional Para a Promoção Dos Vinhos Portugueses – ViniPortugal.

O presidente da ViniPortugal, Jorge Monteiro, disse ainda à agência noticiosa Angop quarta-feira em Benguela, que relativamente a 2013 ocorreu uma pequena quebra na importação por Angola de vinhos portugueses, de 1,9%.

Em 2014, Angola importou 93,1 milhões de litros de vinho produzido em Portugal, de acordo com a documentação fornecida por ocasião de uma prova de vinhos naquela cidade.

A prova de vinhos juntou 44 produtores que apresentaram 215 diversos vinhos, onde a Adega Mayor esteve presente com os vinhos Caiado, Monte Mayor, Reserva Comendador e Vinho 8.

Um estudo realizado pela ViniPortugal, responsável pela organização deste evento, Angola é o segundo maior mercado de vinhos em África, detendo os produzidos em Portugal uma quota de mercado superior a 90%, o que certifica a qualidade e excelência da produção vinícola portuguesa.

A Adega Mayor, inaugurada em 2007, é a aposta do Grupo Nabeiro, já presente em Angola na comercialização de café, na área vitivinícola, dispondo de vinhas localizadas na Herdade das Argamassas e na Herdade da Godinha, em Campo Maior. (Macauhub/AO/PT)

MACAUHUB FRENCH