Grupo francês AccorHotels vai gerir rede hoteleira em Angola

6 July 2015

O grupo francês AccorHotels estabeleceu uma parceria com o angolano AAA para a abertura de 50 hotéis com mais de 6200 quartos, a serem geridos até 2017, nos termos de um acordo sexta-feira assinado em Luanda.

Este é um dos três acordos empresariais assinados durante o fórum económico Angola/França, no âmbito da visita de Estado que o Presidente francês, François Hollande, efectuou à capital angolana.

No âmbito deste fórum foi também assinado um acordo entre a petrolífera francesa Total e a angolana Sonangol para “reforçar a cooperação” e “acelerar as actividades de exploração” dos recursos petrolíferos em Angola.

A Total garante 40% da produção angolana de petróleo – país que é o segundo maior produtor da África a sul do Saara – e investe anualmente no país, nesta actividade, 2,5 mil milhões de euros.

Ainda no âmbito do acordo envolvendo as duas petrolíferas está prevista a distribuição em Angola de sistemas de iluminação e candeeiros solares, através do projecto “Awango by Total.”

Um terceiro acordo – além de várias cartas de intenção – foi assinado, neste caso visando a modernização, até 2022, do Instituto Nacional de Meteorologia de Angola (Inamet), através de uma parceria com o instituto público Météo Française Internationale (MFI) e a empresa angolana LTP Energia.

Não foram revelados os montantes financeiros dos três acordos assinados neste fórum empresarial.

Na ocasião, o Presidente francês anunciou que a transportadora aérea Air France vai iniciar um terceiro voo semanal entre Paris e Luanda. (Macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH