Angola e Itália assinam acordos de cooperação

8 July 2015

Os governos de Angola e de Itália assinaram três instrumentos de cooperação bilateral, com destaque para o desenvolvimento da agricultura, durante a visita do Presidente angolano, José Eduardo dos Santos, a Roma, que terminou terça-feira.

Em causa estão dois memorandos de entendimento sobre cooperação económica e financeira e um terceiro instrumento jurídico sobre consultas políticas entre as diplomacias dos dois países, este envolvendo directamente os ministérios dos Negócios Estrangeiros italiano e o das Relações Exteriores angolano.

A cooperação económica e o apoio às exportações italianas para Angola, nomeadamente sobre a negociação de seguros e garantia de riscos destas vendas através da Sociedade de Seguro ao Crédito Externo de Itália, integram os dois memorandos de entendimento económico e financeiro, informou o governo de Angola.

“Vamos aproveitar a experiência e o conhecimento científico de Itália, a capacidade de realização dos seus empresários, para desenvolver a nossa agricultura, relançar a indústria alimentar e diversificar a economia”, disse à imprensa angolana o ministro da Agricultura, Afonso Pedro Canga.

A visita oficial de José Eduardo dos Santos a Itália terminou terça-feira, depois de reuniões com empresários italianos, depois de na segunda-feira o chefe de Estado angolano se ter reunido com o Presidente italiano, Sergio Mattarella, e com o primeiro-ministro, Matteo Renzi.

Dados do Instituto Nacional de Estatística de Angola indicam que a Itália foi o 11º destino das exportações de Angola em 2014, no valor total de 131 736 milhões de kwanzas (1066 milhões de dólares), equivalente a uma quota de 2,29% do total.

Nas importações, Itália foi o 15º país nas compras de Angola ao exterior, com uma quota de 1,74% do total e um montante de 49 137 milhões de kwanzas (397 milhões de dólares). (Macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH