Défice orçamental de Portugal no 1º trimestre superior ao previsto para 2015

10 July 2015

O défice orçamental português observado no primeiro trimestre situou-se 3,1 pontos percentuais acima do objectivo estabelecido pelo Ministério das Finanças para o ano de 2015, informou quinta-feira em Lisboa o Conselho das Finanças Públicas (CFF).

No relatório sobre os primeiros três meses de 2015, o CFF informa que “as administrações públicas apresentaram um défice primário de 0,7%” do produto interno bruto (PIB) e um défice global de 5,8% do PIB trimestral” e acrescenta que o défice “situa-se 3,1 pontos percentuais acima do objectivo de 2,7% do PIB estabelecido pelo Ministério das Finanças para o ano de 2015.”

“Este facto deve constituir um alerta”, avisa o CFF, “mas não é necessariamente indicativo do desempenho esperado para o conjunto do ano, dado que a evolução anual de alguns agregados orçamentais mais influentes no saldo, como é o caso da receita fiscal, não é passível de extrapolação a partir da observação no primeiro trimestre” do ano.

O montante da dívida pública no primeiro trimestre aumentou 643 milhões de euros, mas verificou-se uma redução do rácio da dívida pública, que “terminou o período em 129,6% do PIB.”

Alcançar as “metas para o rácio da dívida pública estabelecidas no Programa de Estabilidade para o final de 2015 (124,2% do PIB) implica ainda uma diminuição em cerca de 5,4 pontos percentuais do PIB até ao final do ano e de 4,7 mil milhões de euros em termos nominais”, adianta o CFF. (Macauhub/PT)

MACAUHUB FRENCH