Comércio entre a China e países de língua portuguesa em queda de Janeiro a Maio

14 July 2015

O comércio entre a China e os países de língua portuguesa registou uma queda homóloga de 28,18% no período de Janeiro a Maio ao ter-se situado em 38 310 milhões de dólares, de acordo com dados das alfândegas da China recentemente divulgados em Macau.

Nos primeiros cinco meses do ano, a China vendeu aos oito países de língua portuguesa bens no valor de 16 513 milhões de dólares (-2,84%) e comprou mercadorias no montante de 21 797 milhões de dólares (-40,03%), registando um défice comercial de 5284 milhões de dólares.

As trocas comerciais com o Brasil caíram 21,90% para 26 691 milhões de dólares, tendo a China vendido mercadorias no valor de 12 581 milhões de dólares (-6.72%) e comprado produtos brasileiros no montante de 14 109 milhões de dólares (-31,79%).

Com Angola, o comércio bilateral registou uma contracção homóloga de 46,70% para 8789 milhões de dólares, com a China a ter vendido bens no valor de 1908 milhões de dólares (+11,58%) e a ter comprado mercadorias cujo valor ascendeu a 6881 milhões de dólares (-53,45%).

Portugal surge no terceiro lugar com trocas comerciais no valor de 1751 milhões de dólares (-7,64%), com a China a ter exportado no período de Janeiro a Maio produtos no valor de 1143 milhões de dólares (-7,25%) e a ter importado bens no valor de 607 milhões de dólares (-8,36%).

Nos primeiros cinco meses do ano Moçambique registou trocas comerciais com a China no valor de 1008 milhões de dólares (+40,66%), com a China a ter exportado bens no valor de 820 milhões de dólares (+58,44%) e a ter importado produtos no montante de 188 milhões de dólares (-5,44%).

Os restantes países de língua oficial portuguesa – Cabo Verde, Guiné-Bissau, Timor-Leste e São Tomé e Príncipe – registaram de Janeiro a Maio trocas comerciais com a China no valor de 70 milhões de dólares. (Macauhub/AO/BR/CV/GW/MZ/PT/TL/ST)

MACAUHUB FRENCH