Portugal foi o terceiro maior investidor em Moçambique no 1º trimestre

16 July 2015

Portugal foi o terceiro maior investidor externo em Moçambique no primeiro trimestre de 2015, mantendo-se como um dos países que mais capitais aplicam na economia moçambicana, de acordo com dados do Centro de Promoção de Investimentos de Moçambique.

Esses dados indicam que nos primeiros três meses do ano Portugal teve 22 projectos aprovados, no valor de 55,9 milhões de dólares, após ter fechado 2014 na quarta posição, com 336 milhões de dólares, quase o dobro dos 171 milhões de dólares registados em 2013.

Apesar de ter diminuído de 168 para 98 o número de projectos aprovados, Portugal teve em 2014 o seu ano mais representativo desde 2009, de acordo com dados da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP) e da Embaixada de Portugal em Moçambique citados pela agência noticiosa Lusa.

De acordo com os dados mais recentes do CPI, no primeiro trimestre deste ano, a maioria do investimento português (45,5%) foi aplicado no sector da indústria, seguido dos serviços (30%) e dos seguros (14,5%), e concentrou-se no sul do país, nas províncias de Maputo e Cidade de Maputo.

A lista do primeiro trimestre, num total de 500 milhões de dólares é liderada pela Espanha e pela China, embora juntas representem apenas oito projectos, contra os 22 de Portugal, que se mantém o principal criador externo de emprego, com 28 postos de trabalho por cada milhão de dólares investido contra uma média de 13 de todos os restantes países. (Macauhub/MZ/PT)

MACAUHUB FRENCH