Alemanha e Itália em destaque nos 800 expositores na maior feira de Angola

21 July 2015

A 32ª edição da Feira Internacional de Luanda (Filda) inicia-se hoje na capital angolana com a participação de 40 países e territórios e 930 expositores, entre angolanos e estrangeiros, que ocupam uma área coberta de 28 mil metros quadrados.

Organizada pela Feira Internacional de Luanda (FIL) que nela despendeu cerca de 250 milhões de kwanzas, a 32ª Filda decorre até ao próximo dia 26 do corrente sob o lema “Dinamismo, criatividade e competência na produção nacional.”

Com a participação de países e territórios como o Brasil, Japão, Espanha, França, Índia, Turquia, Zâmbia, Egipto, Senegal, Nigéria, China, Indonésia e Macau, o certame terá como destaque os fóruns económicos Alemanha/Angola, Angola/Itália nos sectores da Agricultura e Indústria alimentar, e Luanda Investment Fórum 2015.

“A Alemanha é, este ano, o país convidado especial e reforça a sua participação, contando com 28 empresas, de renome internacional, algumas das quais já operam no país”, disse Salvador Cardoso, director de relações institucionais da feira.

Portugal volta a ter o maior contingente nacional, segundo responsável com 95 empresas e instituições (67 no pavilhão próprio nacional), logo seguido de Itália, “que se estreia ao mais alto nível na Filda”, com 70 empresas e instituições ligadas ao sector da agricultura, indústria, comércio e serviços a ocuparem uma parcela de 900 metros quadrados de exposição.

O certame, que vai ocupar sete pavilhões e criar dois mil postos de trabalho directo e indirecto, tem por objectivo promover e fortalecer o investimento privado nas diversas áreas da economia de Angola. (Macauhub/AO/BR/MO/PT)

MACAUHUB FRENCH