Empresa de Moçambique compra barcos de pesca à China

13 August 2015

A empresa moçambicana de capitais chineses Yinuo Pescas, Limitada, encomendou a um estaleiro naval da China nove embarcações para a pesca de atum na região costeira do distrito de Angoche, província de Nampula, informou o delegado provincial da Administração Nacional de Pescas.

Momade Juízo disse ao matutino Notícias, de Maputo, que as embarcações, cujo custo não divulgou, deverão chegar a Angoche antes do final do ano em curso e que vêm já equipadas com artefactos para a captura em cerco daquela espécie.

O delegado adiantou que as novas embarcações da empresa chinesa funcionarão a partir da cidade de Angoche, onde a empresa já opera com quatro unidades construídas localmente com recurso a madeira, licenciadas para a pesca semi-industrial, e nas quais investiu um montante equivalente a 6 milhões de dólares.

Momade Juízo informou terem-se registado avanços nas negociações com a Japan Tuna Company, que manifestou formalmente interesse em pescar atum na zona de costa de Nacala-Porto, com uma frota de 15 embarcações, com possibilidade de crescer.

As capturas de atum na zona económica exclusiva, que cobre uma extensão de 200 milhas náuticas a partir da linha da costa moçambicana, estão neste momento abaixo do limite de exploração, de acordo com estudos existentes relativos às potencialidades daquela espécie marinha. (Macauhub/CN/MZ)

MACAUHUB FRENCH