Moçambique quer desfazer-se ou liquidar 70 empresas públicas

21 August 2015

O Instituto de Gestão das Participações do Estado de Moçambique (Igepe) vai vender ou liquidar 70 das 113 empresas públicas por falta de sustentabilidade, anunciou quinta-feira em Maputo o presidente da instituição.

Apolinário Panguene, que falava no decurso da reunião do Conselho Consultivo da instituição, ocorrida em Maputo, disse estar a decorrer a finalização do processo de alienação ou liquidação de 70 das 113 empresas participadas pelo Estado, “uma vez que apenas 47 são sustentáveis ou apresentam melhorias no seu desempenho.

O presidente do Igepe, que gere as participações empresariais do Estado, adiantou que várias empresas detidas pelo Estado entraram agora num ciclo de crescimento, esperando-se que comecem a gerar dividendos nos próximos anos.

“Com a recuperação dos ganhos, as empresas que estavam a passar por uma conjuntura menos boa, já começam a ficar em condições de honrar os seus compromissos, pagando dividendos ao Estado”, assinalou Apolinário Panguene, citado pela agência noticiosa Lusa.

Apolinário Panguene adiantou que para a promoção da transparência na gestão das empresas do Estado, o Igepe está a preparar um modelo de acompanhamento estruturado, que vai permitir o acesso atempado à situação financeira de cada uma das companhias. (Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH