Empresa do Japão faz prospecção de carvão em Moçambique

2 September 2015

Técnicos de uma empresa mineira do Japão encontram-se na província de Manica a fim de dar seguimento aos trabalhos de prospecção de carvão mineral no distrito de Mossurize, informou recentemente o director provincial dos Recursos Minerais e Energia.

Olavo Deniasse disse ainda ao matutino Notícias, de Maputo, haver indícios da ocorrência do mineral naquele distrito, embora não tenha sido ainda determinado se as quantidades justificam uma exploração comercial.

O director provincial, que não identificou a empresa japonesa, disse que os trabalhos de prospecção que se vão iniciar, depois de ter sido feito o respectivo estudo de impacto ambiental, visam determinar a viabilidade económica do jazigo e provável tempo de vida, caso se venha a concluir que se justifica a exploração comercial.

Deniasse assegurou, no entanto, tudo indicar a existência de carvão mineral naquela região da província de Manica, pelo facto de situar-se numa zona geologicamente designada karoo.

Olavo Deniasse assegurou, no entanto, tudo indicar a existência de carvão mineral naquela região da província de Manica, pelo facto de situar-se numa zona geologicamente designada por “karoo”, uma palavra utilizada na África do Sul para designar uma região antigamente pantanosa, cuja turfa acabou por se transformar com o passar do tempo em depósitos de carvão.

Além de ouro, pedras preciosas e semi-preciosas e calcário, entre outros minérios valiosos, pesquisas recentes indicam a ocorrência de diamantes junto à fronteira entre Moçambique e o Zimbabué e no rio Save, na zona sul da província de Manica. (Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH