Grupo português SAG procura vender participação em empresa do Brasil

2 September 2015

O grupo português SAG – Soluções Automóvel Globais está há dois anos a tentar vender a sua participação na empresa brasileira de gestão de frotas e locação automóvel Unidas, mas sem sucesso, de acordo com o relatório e contas relativo ao primeiro semestre.

“Apesar de a SAG Gest manter a intenção de alienar a sua participação na participada Unidas, as condições macroeconómicas do Brasil não permitiram a realização de uma transacção de venda deste investimento, que, desde 1 de Julho de 2013, se encontrava reconhecido como activo não corrente detido para venda”, afirma o grupo no documento.

A SAG voltou assim a incluir a Unidas nas suas contas pelo tradicional método contabilístico de equivalência patrimonial, assumindo a dificuldade na venda da empresa brasileira.

De Janeiro a Junho a empresa brasileira obteve um lucro de 16 milhões de reais (4,9 milhões de euros), tendo o grupo português ficado com 1,7 milhões de euros (contra 1,6 milhões em 2014), montante proporcional à sua participação.

O grupo SAG detém 32,85% do capital da Unidas, que tem também entre os seus maiores accionistas os fundos Kinea, Vinci Capital Partners e GIF (cada um com 21,75%). (Macauhub/BR/PT)

MACAUHUB FRENCH