Guiné-Bissau introduz nova numeração nas comunicações fixa e móvel

4 September 2015

Os números de telefonia fixa e móveis da Guiné-Bissau passam de sete para nove dígitos a partir de 1 de Novembro próximo, anunciou quarta-feira em Bissau o presidente da Comissão do Plano Nacional de Numeração, Luís Seabra.

“A mudança operada no plano de numeração consubstancia-se, por um lado, no acréscimo de dígitos de sete para nove e, por outro lado, na alteração dos indicativos de redes e serviços da telefonia móvel e fixa”, anunciou ainda o presidente da comissão constituída no âmbito da Autoridade Reguladora Nacional das Tecnologias da Informação e Comunicação (ARN).

No quadro desta mudança, a empresa de telefonia móvel Orange Bissau passa a ter os indicativos da rede e de serviço 95, enquanto que a sua congénere, a MTN, terá 96, a estatal Guinetel 97 e a rede fixa 44.

Quer isso dizer que os números dos utilizadores não serão alterados, passando a ser antecedidos pelos novos indicativos dos operadores, sublinhou aquele responsável da ARN.

A Guiné-Bissau conta com uma rede de telefonia fixa, desactivada devido à falência da empresa Guiné Telecom, e com três empresas a fornecer serviços de telefonia móvel, duas privadas e uma pública, estando esta última igualmente inoperacional há alguns anos.

O código internacional para ser aceder às redes de telefonia fixa e móvel da Guiné-Bissau é o 245. (Macauhub/GW)

MACAUHUB FRENCH